Musicalização Infantil

 

Nós somos um povo criado para dar louvor a Deus

  • Isaías 43: 21
  • Efésios 1:13,14).

A Bíblia está recheada de versículos que nos convida ao louvor e á adoração á Deus:

§ Efésios 1:3-14

§ Salmos 100:1

§ Efésios 5:19

§ Salmos 92:1 

§ Salmos 33:2-3

 

Toda criança gosta de cantar e expressar sua alegria com louvores e coreografia.

 Podemos também realmente notar,o quanto a musica é citada na bíblia, por exemplo: O Rei Davi desde menino,quando ainda era pastor das ovelhas de seu pai,tocava suavemente sua harpa. Imagine como o pequeno Davi fechava os olhos e dedilhava sobre aquele instrumento ,louvando e agradecendo a Deus...o pequeno Davi cresceu,tornou-se Rei e continuou com seu gostoso hábito de tocar para Deus,quando Davi tocou,um espírito imundo que estava em Saul saiu... Veja Mirian ,o quanto ela dançou sentindo a presença do Senhor após a travessia do Mar Vermelho como forma de gratidão e louvor a Deus pelo grande livramento.Paulo e Silas foram libertos da prisão enquanto cantava.

Os muros de Jericó foram ao chão após os israelitas tocarem juntos as trombetas...

Verdadeiramente Deus recebe e se agrada das danças e do louvor dado á Ele.

 

A Diferença Entre Louvor e Adoração

Temos a tendência de associar os verbos louvar e cantar. Entretanto devemos ter em mente que estas duas palavras não são sinônimas, ou seja, louvar pode ser diferente de cantar. Isto também ocorre entre os verbos louvar e adorar. Apesar de os associarmos, louvar pode ser diferente de adorar. E diante disso, precisamos responder às seguintes perguntas:

O Que é Louvor?

A palavra louvor significa “ato de louvar, aplauso, elogio, encômio. Apologia de uma obra meritória”. Tem como antônimo “censura e crítica”. Sendo assim o louvor pode ser dirigido a pessoas, instituições, ideologias, objetos, lugares, animais, e outras coisas, através de elogios, aplausos, cânticos, falas poéticas, apologéticas, informais, etc. Por exemplo, quando cantamos o Hino Nacional Brasileiro, estamos louvando o Brasil.

Portanto louvar significa “admirar, falar bem, elogiar, engrandecer”. Diariamente, estamos louvando muitas coisas ao nosso redor. Quando louvamos a Deus, estamos admirando os atributos do Seu caráter: fidelidade, bondade, amor, longanimidade, retidão, justiça, misericórdia, etc. Usamos as expressões dos nossos anseios para fazer isto. Qualquer um pode fazer isto. A natureza, por exemplo, também pode louvar a Deus (Salmos 19:1). Louvor é algo que qualquer um pode dar a qualquer coisa ou pessoa (Salmos 9:11;33:2;67:3;42:12).

O Que é Adoração?

O vocábulo adoração deriva da palavra em latim adorare, que etimologicamente vem a ser “falar com". O dicionário define seu significado como “ato de adorar; culto a Deus; amor profundo”. É render culto a Deus, coisas ou pessoas considerados como sendo santos. É prostrar-se diante de algo em “sinal de reconhecimento, rezar, idolatrar, amar apaixonadamente”.

Resumindo:

Louvar é elogiar,exaltar,falar bem.

Adorar é render culto,amar extremamente.

Amo Música... mas o que é música?

Musica : a arte de expressar os sentimento mediante ao som(um tipo de linguagem), arte e ciência de combinar os sons de modo que agradem o ouvido.

 

Cântico : Hino, canção religiosa

 

Musicalização: A musicalização infantil é tornar a criança sensível e receptiva ao fenômeno sonoro , promovendo o “gosto” pela música e uma maior aprendizagem.É ensinar a criança algum conteúdo (no nosso caso, verdades bíblicas) através da música.

 

Como surgiu a Música?

 

 

 A música tem acompanhado a história da humanidade, ao longo dos tempos, exercendo as mais diferentes funções.Ela está presente em todas as religiões do mundo, em todas as culturas, em todas as épocas:ou seja,a música é uma linguagem universal que ultrapassa as barreiras do tempo...        

           A música é tão antiga quanto a raça humana, e desde o principio foi empregado a serviço da religião.Os israelitas consideravam a música como o veículo apropriado para exprimir a gratidão e a devoção que sentiam por Deus.

          A origem da música vocal não é conhecida, mas de acordo com a bíblia, a música instrumental teve sua origem com JUBAL,um dos três filhos de Lameque (Gênesis 4.21). Com a construção do templo, a musica tornou uma posição firme como parte integrante de sua adoração ao Deus de Israel.(a teoria musical era desconhecida nas nações antigas)

 

 

Onde inicia a musicalização?

 

     

A vivência musical tem inicio ainda no ventre, pois a musica provoca uma sensação de enorme bem-estar para o bebê no útero materno. Bendita é a mãe que planta no coração do seu filho a preciosa semente do evangelho através do louvor. Como resultados do desinteresse de muitas mães quanto ao que os filham cantam uma legião de jovens e adolescentes da igreja estão escravizada pela música satânica do nosso tempo.

           Ainda no berço, com o descobrimento da capacidade sensorial (quando a criança percebe o ambiente em volta dele), podemos observar as primeiras reações da criança ao estímulo musical(bater palminhas, dançar,imitar sons,e depois com movimentos mais específicos, acompanhando o som)

Na fase da criança de 5 anos, a criança adquire os conceitos de tempo, espaço, classes e conbinação freqüentando ou não a escola, pois independem de ensinamento específico. Mesmo que o desenvolvimento da inteligência aconteça de maneira espontâneas, independentemente da classe social em que a viva, o meio pode auxiliar ou retardar esse desenvolvimento, então , ouvido da criança que se acostuma a passar os dias ouvindo musica evangélica,tende a saber diferenciar o santo do profano e tem a vida espiritual mais equilibrada.  

          Através dos cânticos que ensinamos ás criança no berçário e na classe de EBI passamos verdades bíblicas que elas recordarão até sua velhice. As crianças irão cantando por toda parte aquilo que aprenderam com o cântico, ou seja,a mensagem bíblica.

Na escola secular, a música também auxilia no desenvolvimento e aperfeiçoamento da: socialização, alfabetização, inteligência, capacidade inventiva, expressividade, coordenação motora, raciocínio lógico, percepção sonora e espacial.

          Logo, a música está presente em todos os momentos da vida da criança: inicia-se dentro de casa, depois na igreja, na escola e ela servirá e seguirá por toda a vida.

  

dentro de casa, depois na igreja, na escola e ela servirá e seguirá por toda a vida.

 

 

    A Influência da Música na vida da criança

 

 A música é capaz de estimular todos os tipos de sentimento e emoções, como adrenalina, paz, agitação, tranqüilidade e etc. Certas músicas, portanto, tem o poder de formar o caráter.

"Os os vários tipos de música, baseados nos vários modos, distinguem- se pelos seus efeitos sobre o caráter - um, por exemplo, operando na direção da melancolia, outro na da efeminação, um incentivando a renúncia, outro o domínio de si, um terceiro o entusiasmo, e assim por diante, através da série"(Aristóteles).

 

Você já parou para observar que todas as cantigas infantis antigas estimulam o medo, a perversidade e outros sentimentos ruins? A mensagem subliminar também é encontrada em antigas cantigas de rodas que já foram cantadas até por nossos avós. Elas são transmitidas de geração em geração e inclusive ensinadas em muitas escolas.          

 

Vejamos alguns exemplos:

“Atirei o pau no gato… mas o gato não morreu…”. Já de cara nos deparamos com uma monstruosidade, “atirei o pau no gato”, com a intenção de matar, mas ele, “não morreu”… É uma tentativa de HOMICÍDIO frustrada. Segue com o sadismo da “dona Chica” admirando-se com o “berro” de sofrimento da pobre criatura após a tortura, onde está a sociedade protetora dos animais que não proíbe este hino a crueldade animal e aonde está a cabeça dos pais e educadores quando ensinam este tipo de absurdo para as crianças.

“Nana neném que a Cuca vai pegar… mamãe foi pra roça e papai foi trabalhar…”. Ou seja, dorme neném que a Cuca-Bruxa-Monstro da floresta vai te pegar e você está SOZINHO porque mamãe saiu (foi pra roça) e papai foi trabalhar (também não está em casa). Definitivamente, isso não é coisa que se cante para acalmar um bebê que quer dormir em paz!

“Boi, Boi, Boi… Boi da cara preta pega esta criança que tem medo de careta”. Esta é sem comentários! Imaginem a aflição de uma criança sendo ameaçada constatemente por este bendito “Boi da cara preta”, e ainda tem pai e mãe que além de cantar isso, ainda fica amedrontando a criança, referindo-se ao “Boi da cara preta” para que ela os obedeça.

“Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar… vamos dar a meia volta, volta e meia vamos dar, o anel que tu me destes, era vidro e se quebrou… E o amor que tu me tinhas era pouco e se acabou…”. A aliança que representa a união é frágil, de vidro, e se quebra com facilidade, e o amor que já é pouco, acabou! É esse o conceito sobre relacionamento e afetividade, sobre o sacramento do matrimônio que cresce desde cedo na mente das crianças de uma forma totalmente deturpada, através dessas cantigas… Quantas crianças de nossa geração já ouviram isso na infância?

 

Influências Negativa

São muitos os delitos comprovadamente influenciados pela música dos mais variados ritmos, em especial os que tem surgido nestes últimos anos. A imprensa tem se encarregado de publicar crimes dos mais hediondos, dos mais perversos que se tem notícia. O funk, por exemplo, cuja característica maior é a disseminação da lascívia, com suas letras chulas e coreografias indecentes, tem sido responsável por uma infindável série de delitos. As consequências vão desde as brigas com altos requintes de violência nos bailes e arredores, até casos de relações sexuais (de todos os tipos) grupais praticados dentro dos salões de dança, aumentando assustadoramente os índices de paternidade anônima, gravidez indesejada e a proliferação das D.S.T. (Doenças Sexualmente Transmissíveis) em especial a AIDS. Muitas meninas frequentadoras destes bailes, são constrangidas a aderir ao sexo coletivo por pressão social, para que possam ser aceitas nas turmas, chamadas de 'bondes'.

 

 

A Influência Positiva:

Música é uma expressão artística que nasce da combinação entre letra e melodia. Atualmente quase todos os ritmos são aceitos pelos cristãos, a única exigência é que as letras tenham o propósito de louvar a Deus. Mas afinal, até que ponto a música é um fator importante de evangelização?

A musicalização, além de transformar as crianças em indivíduos que usam os sons musicais, fazem e criam música, apreciam música, e finalmente se expandem por meio da música, ainda auxiliam no desenvolvimento e aperfeiçoamento da:

*       Socialização

*       Alfabetização

*       Inteligência

*       Capacidade inventiva

*       Expressividade

*       Coordenação motora e tato fino

*       Percepção sonora

*       Percepção espacial

*       Raciocínio lógico e matemático

 

 

 

 


 

                                              

 

 

 


 

 

         

 

    A Influência da Música na vida da criança