Música e a Criança

Webnode

 

Sugestão deAtividades com Música para Crianças

 

 

O ritmo está presente na criança a partir de seu próprio organismo: o compasso das batidas do coração, o ritmo compassado do andar, o balançar dos braços, a seqüência interminável do dia e da noite, os horários das refeições, do descanso, tudo à sua volta fala que o universo está envolvido em ritmo harmonioso.

A criança pequena não aprende por conceitos abstratos que falam ao cérebro, mas está mais aberta ao ritmo e ao sentimento que a música transmite. O ritmo e a harmonia da música auxiliam a sua harmonização interior. Assim, letras simples e objetivas, em ritmo harmonioso alcançarão o coração infantil de forma adequada.

 

OFICINA DE MÚSICA

 

A música pode ser utilizada em conjunto com outras atividades, como nas artes plásticas, no teatro, na dança e em muitas outras atividades.

A criação de uma oficina de música, em horário próprio, contudo, favorecerá o desenvolvimento gradual da harmonia interior, melhorando cada vez mais o tônus vibratório de cada um.

Na oficina de música poderão ser realizadas as mais diversas atividades tais como:

 

Musicalização: Explore o ritmo, músicas com gestos, rodas cantadas. Utilize a música e a poesia juntas. Veja em biblioteca item música, sugestões de livros que poderão ser utilizadas nestas atividades.

Trabalhando os sons: Procure trabalhar com as crianças pequenas com os sons da natureza. Não será difícil gravar a chuva caindo, pássaros cantando, o som do grilo, da cigarra, os latidos de um cão, etc. Trabalhe também a diferença dos sons: sons de metal, madeira, instrumentos musicais, a diferença entre ruído e música.

Bandinha rítmica: Com as crianças pequenas, pode-se forma uma bandinha rítmica, com grande sucesso e muitas possibilidades de desenvolver o senso estético, a noção de ritmo e melodia. Veja sugestões no item bandinha rítmica.

Coral ou Grupo Musical: A preparação de um coral infantil, embora seja tarefa fácil e agradável, requer certos cuidados do educador que não podem ser esquecidos.

 

Como Trabalhar com mùsica na igreja ?

1. Brinquedo cantado

 

Brinquedos cantados ou brincadeiras cantadas são formas mais elementares de dança, nas quais existem ritmo e movimento, a educação através da música alem de trabalhar para o desenvolvimento cognitivo, afetivo e motor das crianças, contribui também para a formação da personalidade do ser humano.
É uma atividade completa de grande valor educativo, onde a criança se envolve integralmente. A dança e a musica no ensino fundamental forma uma dupla indispensável para o desenvolvimento da criança, representam a natural expressão de uma infância feliz, e contribui para o desenvolvimento rítmico, corporal, da lateralidade, respiração, percepção visual e auditiva, ajuda também a desenvolver a organização temporal e espacial.
As brincadeiras cantadas são apresentadas de acordo com o desenvolvimento e a maturidade da criança, brincando de roda exercita o raciocínio e a memória, estimula o gosto pelo canto e desenvolve naturalmente os músculos.
As atividades devem ser realizadas de forma lúdica, respeitando o nível de compreensão das crianças.
Os brinquedos cantados mais conhecidos quando crianças são: Roda Cutia, Atirei o Pau no Gato, Ciranda-Cirandinha, Marcha Soldado, O Sapa Não Lava o Pé, Borboletinha, Escravos de Jô, Passa Anel, Boi da Cara preta, etc. Nas datas comemorativas temos: Noite Feliz, Coelhinho da Páscoa, Mãezinha do Céu, enfim são inúmeras cantigas ou canções que escutamos ao longo da nossa infância, as musicas por vezes sofrem modificações ou cortes dependendo de cada região.

Porém, podemos adaptar para nosso meio (evangélico), como podemos ver a musica do ‘ não atire o pau no gato”.
Podemos cantar hinos que relatam histórias bíblicas e as crianças podem encenar, existem vários hinos e corinhos infantis que podemos trabalhar brinquedo cantado com os pequeninos. O importante e saber selecionar e não levar para nosso meio cantigas com mensagens oculta.

 

2.Bandinha Rítmica

Como ensinar elementos rítmicos, auxiliando o desenvolvimento da percepção musical das crianças e também de sua coordenação motora? A Bandinha Rítmica é uma ótima opção para estimular as crianças no universo musical. Ela ensina a explorar o som dos instrumentos. A bandinha rítmica pode ser montada com : Instrumentos específicos para bandinha rítmica, Instrumentos de Sucata, Instrumentos de Bolso (chaveiros, lápis, canetas, etc), Instrumentos de Percussão ou Com os sons do corpo

Como trabalhar:

Peça que cada criança manipule um instrumento da cada vez, garantindo que todas as crianças observem todos os instrumentos.

* Exponha os instrumentos e a maneira correta de tocá-los, com disciplina e ordem

* Converse com as crianças, procurando conhecer suas impressões sobre os instrumentos.Peça que descrevem os instrumentos apontando suas características(se é leve,pesado,grande,etc)

* Conte uma história que apresente os instrumentos

* Demonstre a forma usual de cada instrumento

* Proponha que as crianças cantem uma canção bem conhecida, acompanhando o canto com os sons dos instrumentos.

* Trabalhe com eco

* Ensine as músicas por partes

* Use a improvisação e criação

* Utilize ritmos escritos, pré-definidos

A criança pequena se liga muito ao ritmo da música. Numa bandinha rítmica, o fator mais importante é exatamente o ritmo.

As crianças poderão explorar todos os instrumentos, um a um. Depois de feita a escolha, as crianças ficarão agrupadas de acordo

com os naipes dos instrumentos. Por exemplo: grupo de guisos, chocalhos, etc.

 

 

Os instrumentos se dividem em:

 

Metais: Triângulos, chocalhos, guizos, sinos, pratos, marimba, agogô, campainhas. Obs.: Pode existir pandeiro de metal ou de madeira.

Madeira: reco-reco, pauzinhos de ritmo, castanholas, maracá, bloco de lixa, côco, tambor, afuchê, pandeiro.

 

Os instrumentos poderão ser colocados da seguinte maneira: metais à direita do regente e madeira à esquerda. Os pandeiros e pratos poderão ficar no centro.

Os brinquedos musicais despertam grande interesse para as crianças. Trabalhando com bandinha, podemos despertar um grande interesse na criança de lidar com a música tanto na igreja quanto no meio profissional.

Incentive a criança a explorar, de maneira livre e espontânea, os instrumentos musicais disponíveis na igreja (comprado em loja de R$I,99 ou confeccionado pelo próprio aluno, usando sucatas). Nos primeiros contatos da criança da criança com o instrumento, o professor deve permitir que ela brinque e experimente livremente as possibilidades do instrumento.

 

10 Razões Para incentivar a criança a tocar Um Instrumento Musical

 

1- Bom Humor lá em cima (Tocar algum instrumento reativa o bom humor)

 

2 - Estresse lá Embaixo (Aprender música como entretenimento torna as pessoas menos estressadas)

 

3 - Desempenho Escolar Nota 10 (Alunos do ensino médio que estudam música têm melhores resultados na escola, segundo pesquisa feita nos Estados Unidos)

 

4 - Mais Saúde e Auto-Estima (Médicos apóiam o uso da música como forma de reativar a auto-estima e colaborar para a recuperação de doenças graves)

 

5 - Raciocínio Elevado (Estudo da Universidade da Califórnia mostra que, após oito meses de lições de teclado, crianças obtiveram alta de 46% no raciocínio espacial)

 

6 - Ter Muitos Amigos (Tocar música promove o relacionamento social, por meio de atividades em grupo e na comunidade)

 

7 - Superar Desafios (Aprender a tocar um instrumento estimula a superação de desafios)

 

8 - Estimular a Criatividade (A prática impulsiona pressões criativas que unem o corpo e a mente)

 

9 - Ser Jovem Para Sempre (Tocar um instrumento possibilita o relacionamento entre pessoas de diferentes idades pelo mesmo objetivo)

 

10 - Cérebro Desenvolvido